jump to navigation

A Festa Literária de Paraty e eu 12/08/2010

Posted by Maria Elisa Porchat in Atualidades, Literatura.
Tags: , , , , ,
2 comments

Fui pela terceira vez à Festa Literária de Paraty e a cada ano gosto  mais dela. É aprendizado com  diversão,  a cabeça  mistura  literatura, história, arte e sociologia, relaxa com  caipirinha, passeio na praia  e  andanças  no centro histórico, as ruas cheias de arte popular . Sem falar na quantidade de pessoas conhecidas e da pilha de livros que você adquire para  deleite de um ano inteiro.

Ano a ano me hospedo mais perto das tendas. Na minha primeira Flip, fiquei num barco ancorado numa marina a quatro quilômetros da vila. Agora fico em pousada, fazendo a reserva com bastante antecedência. O único estresse do programa é a compra de ingressos para as mesas.  Tem acontecido de chegar cedinho no balcão de vendas, com o cartão de crédito na mão e ouvir da vendedora “estamos sem sistema” e quando o tal sistema volta, já não existem ingressos para as mesas mais procuradas.  É bem verdade que durante a Flip a pessoa acaba conseguindo assistir a todos os eventos, seja comprando o ingresso de alguém ou atrás do telão na rua, comendo uma tapioca ou um bolo de aipim.

De qualquer forma, a preparação para a Flip é prazerosa. Desde quando tomamos conhecimento por e-mails ou pelo jornal dos autores participantes e do homenageado e a partir daí lemos ou relemos  livros e textos  de assuntos sobre as palestras.Um programão.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: