jump to navigation

Carona num táxi 10/12/2013

Posted by Maria Elisa Porchat in Atualidades.
Tags: , , , ,
add a comment

taxiEra apresentação de minha neta no teatro. Para não chegar atrasada, só me restou pedir a um rapaz desconhecido que me deixasse ir com ele  no táxi .

Estava sem carro no final de tarde chuvoso, da sexta-feira Black Friday. Minha netinha havia pedido para eu não me atrasar para vê-la no Hamlet infantil. Chamei um táxi nos vários  pontos que há por perto de casa e nada. Tentei nos aplicativos que tenho no celular e que nunca me deixam na mão e nem assim fui atendida. O tempo passava e eu aflita, procurei táxi nas ruas, com garoa na cabeça e um buquê de flores na mão e só passava carro com gente. Rezei pro meu santo. Imediatamente parou no sinal um táxi ocupado por um rapaz. Não titubeei:

– Você está perto do seu destino?

– Um pouco.

-Posso ir com você  na sua corrida?

– Ss… Já fui sentando no banco da frente. Foram somente uns 3 quarteirões  e daí o compreensivo rapaz desceu, não antes de ouvir  minha história e meus fervorosos agradecimentos.

O motorista comentou que estava  na praça  há quinze anos e nunca tinha presenciado uma cena como aquela. Nem eu pensei que um dia fosse parar um táxi ocupado na rua, o que vim a saber depois, é um expediente comum em outros países.

Aqui no Brasil o medo de assalto dificulta  ações de despreendimento, como essa de  dividir táxi  com desconhecido. Pena. Felizmente tive sorte e um santo forte que me ajudaram  a chegar ao meu destino no tempo certo.

Anúncios

Novembro em Nova Iorque 09/12/2010

Posted by Maria Elisa Porchat in Atualidades.
Tags: , , , ,
add a comment

Fiquei 10 dias de novembro em Nova Iorque, hospedada numa casa de americanos, no Soho.  Os prédios de residência no Soho são adaptações de pequenas fábricas ou de galpões usados por artistas. No caso desse condomínio, uma antiga tecelagem reformada de forma charmosa e rústica, com um grande elevador que já leva direto à sala do apartamento. Sem falar na simpatia da família que me hospedou, foi muito bom viver a tradicional semana de Thanksgiving entre eles, quando um país inteiro come peru  de um jeito só, com os mesmos acompanhamentos,  para não romper a tradição  dos antepassados , de agradecer aos céus pela boa colheita  após tempos difíceis. A partir da meia-noite, depois da ceia de Ação de Graça, as lojas começam uma grande liquidação pré-natalina, a chamada Black Friday, que atrai uma multidão às liquidações do estoque. O melhor da temporada foi ver a apresentação de Il Trovatore de Giuseppe Verdi no  Lincoln Center.  O destaque fica pela alta tecnologia da troca de cenários e do  letreiro na frente de cada assento, com opção de várias línguas. Assistir a um belo espetáculo com todo conforto e praticidade foi um privilégio, assim como toda a viagem.

 

%d blogueiros gostam disto: